Envie uma mensagem

Atendimento 0800 541 23 23

de 2ªf. a 6ªf. (exceto feriados) das
10h às 17h

Campanha publicitária ressalta a importância do Programa Nota Fiscal Gaúcha

Data de publicação: 19.11.2012

Fonte da Notícia:

Com o objetivo de valorizar o produto gaúcho e desenvolver a economia do Estado, foi lançado oficialmente, nesta quarta-feira (14), o credenciamento para o programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG). Participaram da coletiva de imprensa, a secretária de Comunicação e Inclusão Digital (Secom), Vera Spolidoro, o secretário da Fazenda, Odir Tonollier e o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira. A partir do próximo domingo (18), uma campanha publicitária começará a ser veiculada em todas as emissoras de TV do Estado. A ação é coordenada pela diretoria de publicidade Secom.

No domingo (11) a campanha institucional ‘Feito Aqui' começou a ser veiculada, visando valorizar o produto gaúcho. Entre os dias 18 de outubro e 09 de novembro as emissoras de rádio dos municípios com mais de 10 mil habitantes veicularam o spot ‘Tem que pedir tem', da NFG. A partir do domingo (18), as campanhas institucionais, ‘Feito Aqui' e NFG serão ampliadas até o dia 31 de dezembro, contemplando todos os veículos de comunicação do Estado.

Para Vera Spolidoro, o objetivo da campanha é sensibilizar as pessoas para consumir o produto gaúcho e também pedir a nota fiscal. A titular da Secom destaca que há uma sinergia entre os dois filmes, que apresentam desde a produção agrícola até a chegada do produto no mercado, sua compra e a solicitação do CPF na nota fiscal. "O simples ato de comprar um produto não se encerra na compra, tem toda uma operação por trás e pedir a nota fiscal faz parte desta operação", diz.

"Queremos retomar a autoestima do empresário e consumidor gaúcho, no sentido de que ele escolha os produtos daqui para comprar, há uma sinergia nisso, o ato de produzir algo, apreciar o que está sendo produzido, comprar e lembrar que ao comprar eu estou contribuindo para desenvolver o Rio Grande do Sul é este o nosso objetivo, e claro pedindo a nota fiscal, também evitar a sonegação", ressaltou a titular da Secom.

Segundo Tonollier, a Nota Fiscal Gaúcha valoriza as empresas que atuam em parceria com o Estado e a sociedade para promover o desenvolvimento do RS e visa o combate à sonegação fiscal e à concorrência desleal. Ele salientou que a participação das entidades, que receberão repasses do Governo do Estado, será uma mola propulsora para o sucesso da ação.

Os cidadãos já podem se cadastrar no programa. Basta acessar o link
www.notafiscalgaucha.rs.gov.br, informar o CPF, cadastrar uma senha e indicar entidades ligadas às áreas da Saúde, Educação, Assistência Social e Esporte, as quais passarão a receber repasses do Governo do Estado, de acordo com a pontuação obtida.

Por meio do Programa, o contribuinte concorre a prêmios de até R$ 1 milhão. As entidades sociais por ele indicadas são beneficiadas por repasses e as empresas participantes reforçam sua responsabilidade social com o Estado e a sociedade gaúcha.c Para mais informações acesse o endereço https://nfg.sefaz.rs.gov.br.

Empresas credenciadas

Quer saber em quais empresas suas compras valem pontos no Programa? Clique no botão abaixo e consulte a relação.

Entidades sociais habilitadas

Quer saber quais entidades sociais podem ser indicadas no Programa? Clique no botão abaixo e consulte a relação.
Nota Fiscal Gaúcha